panelarrow

Adjetivos - O que são?



Adjetivos são palavras que qualificam ou caracterizam uma pessoa ou um objeto, ou seja, eles são as palavras que acompanham os substantivos indicando suas qualidades, condições, estados, etc. Veja o exemplo:

  • Bom homem.  
  • Homem bom.

Sendo assim, um adjetivo pode ser usado antes ou depois do substantivo. Ele pode ser ainda composto ou simples. Veja o exemplo:

  • Vestido vermelho. (simples)
  • Vestido vermelho-claro. (composto)

Além disso, essa adjetivação pode ser feita de forma positiva ou negativa. Veja o exemplo:

  • Adjetivação positiva: O carro é bonito.
  • Adjetivação negativa: O carro é feio.

Ao usar o adjetivo também é necessário realizar a flexão de gênero (masculino e feminino), número (singular ou plural) e, grau (comparativo ou superlativo).

Ressaltando que os adjetivos podem ser utilizados para qualificar de forma clara uma pessoa ou objeto, mas também podem ser usados de forma subjetiva, conforme as percepções individuais do narrador.

Veja mais alguns exemplos de adjetivos: curioso, educado, empenhado, ganancioso, imprudente, feliz, forte.

Grau dos adjetivos

Na língua portuguesa os adjetivos possuem diversos graus que variam conforme a intenção do narrador ao usá-los.

Grau nominal

Quando o adjetivo é usado para qualificar uma pessoa ou objeto expressando sua qualidade para ajudar a definir as características primordiais do objeto.

Exemplos:

  • O Pedro é inteligente.
  • Mariana é muito linda.
  • O artigo lido em sala de aula é esclarecedor.

Grau comparativo de superioridade

Usado para comparar dois objetos, estabelecendo um grau de superioridade em relação ao outro.

Exemplos:

  • A comida de Matheus é mais saborosa do que a de Hugo.
  • O Sol é maior do que a Terra.
  • Você é mais alto do que eu.

Grau comparativo de inferioridade

Usado para comparar dois objetos, estabelecendo um grau de inferioridade em relação ao outro.

Exemplos:

  • Mel é menos inteligente do que Mariana.
  • Eu acho a aula de biologia menos interessante do que a de química.
  • O pudim da minha avó é menos doce do que o da sua tia.

Adjetivo comparativo de igualdade

Usado para fazer comparação entre dois objetos.

Exemplos:

  • Marisa é tão inteligente quanto Ademir.
  • Eu gosto de brigadeiro tanto quanto de chocolate branco.
  • Educação Física é tão importante quanto Português.

Grau superlativo de superioridade

Usado para indicar a característica de um elemento em relação a um grupo.

Exemplos:

  • O Lucas é o mais inteligente da turma.
  • Jessica é a mais bonita das debutantes.
  • Clara é a enfermeira mais competente do Hospital.

Grau superlativo relativo de inferioridade

Frases usadas para colocar um elemento em um grau de inferioridade em relação aos outros.

Exemplos:

  • O João é o aluno menos inteligente da turma.
  • A casa verde é a menos decorada da rua.
  • Luana é a funcionária menos dedicada da firma.

Grau superlativo absoluto analítico

Usa uma palavra extra para enfatizar um adjetivo.

Exemplos:

  • A filha da Helena é muito amável.
  • Fábio é muito inteligente.
  • Sair do banho no frio é bem desconfortável.

Grau superlativo absoluto sintético

Usado para enfatizar a característica ao colocar a palavra no aumentativo ou diminutivo.

Exemplos:

  • Felipe é inteligentíssimo.
  • Os filhotes da minha gata nasceram tão pequeninhos.
  • Nos mudamos para uma casa bonitona ao final da rua.