panelarrow

Conheça a famosa Revolta de Malês

A grande Revolta dos Malês foi um episódio que ocorreu em Salvador (Bahia) em janeiro de 1835. O movimento envolveu inúmeros personagens na revolta, que foram destacados os negros islâmicos que praticava, atividades livres. Tendo o contexto como base histórica, os chamados negros de base, sofriam com muita discriminação devido a sua descendência e crença ao islamismo.

Como sabemos, e podemos perceber hoje, esses fatores ocasionaram numa difícil ascendência na sociedade do século XIX.

Objetivos da revolta de Malês

Es a discriminação social não se iniciou no século da abolição da escravatura. A verdade, é que o ser humano tem uma mancha em sua história, há mais de 500 anos com os negros. Desde a colonização, vivemos rodeados de podridão, devido a escravatura e outros inúmeros episódios desumanos.

Tendo em vista toda a história, todo o horror que os negros sabiam ter vivido os seus antepassados e ainda que continuavam vivendo, decidiu-se então uma revolução, um pensamento progressista para dar fim descriminação e o poder da religião em tomar as crenças daqueles que não eram cristãos.

Nisso, o principal objetivo passou a ser a implantação de uma República Islâmica, o confisco de bens de brancos e guerra para lutar pelos seus ideais. Com os dinheiros tomados, foram compradas inúmeras armas para combate e mantimentos para os guerreiros.

 O fim da revolta

A verdade é que todo esse lançamento revolucionário acabou ficando apenas nos papéis, escritos em árabe. Ocorreu que uma mulher revelou o plano para um Juiz de Paz da cidade de Salvador. Com isso, houve bom preparo para o ataque previsto, chegando a morrer cerca de 80 pessoas.

Os que foram presos, foram julgados e condenados a morte, trabalho forçado ou açoites, com pena de nunca mais serem proclamados às cerimónias islâmicas, proibindo a livre devoção a religião.